Google+ Followers

Google+ Followers

terça-feira, 24 de julho de 2012

Santos Dumont (Alberto Santos Dumont)

Alberto Santos Dumont
Pai da Aviação



Tendo dedicado sua vida à aviação, Santos-Dumont foi o primeiro aeronauta a alcançar, definitivamente, a dirigibilidade dos balões e a voar num aparelho mais-pesado-que-o-ar com propulsão própria.

Santos-Dumont era um rapaz provinciano, de estatura baixa e corpo franzino quando chegou a Paris, em 1892, prestes a iniciar seus estudos. Nove anos depois, transformou-se em modelo para os franceses, ganhou diversos prêmios, ultrapassou barreiras e limites impostos aos estrangeiros e construiu, na fantasia popular, a imagem de "Super-Homem".

De comportamento inquieto e espírito obstinado, nunca desistiu de realizar seus projetos. Dos acidentes que sofreu, nenhum abalou sua determinação em conquistar os ares, vontade essa que se consolidou com o vôo do 14 Bis e a conquista da Taça Archdeacon.

Influenciado por vários precursores, Santos-Dumont também influenciou os construtores que despontaram a partir de 1906, atraindo, ainda, a atenção do Exército para as possíveis aplicações dos artefatos aéreos. Embora tenha vivido numa época na qual surgiram as primeiras indústrias aeronáuticas, nunca se interessou em criar uma que Ihe pertencesse.

Da mesma forma, a partir de uma opção consciente e idealista, não patenteou seus inventos, colocando-os à disposição de quem quisesse construí-los e utilizá-los.

Seus anseios e sonhos, seus hábitos e superstições formaram uma personalidade muito singular, que acabou por conduzir o rumo da sua própria vida.

No ano de 1910, Santos-Dumont encerrou sua carreira na aviação com o "Demoiselle", abrindo espaço para outros aviadores e construtores.

Já afastado da atividade aérea, presenciou a Primeira Guerra Mundial e decidiu retornar ao Brasil em 1915, onde passou os últimos anos de sua vida.

Alberto Santos-Dumont é considerado o Pai da Aviação. A Lei 3636, de 22 de setembro de 1959, concedeu-lhe o posto honorífico de Marechal-do-Ar. (DOU de 23 de setembro de 1959 e Bol. MAer 09/59 - pagina 857)

Cronologia


1873 - Julho - Nasce Alberto Santos-Dumont em Cabangu, MG.
1879 - Muda-se com a família para uma fazenda de café na região de Ribeirão Preto, SP.
1883/85 - Realiza seus primeiros estudos no Colégio Culto à Ciência, em Campinas, SP.
1888 -Vê um balão aerostático pela primeira vez, na cidade de São Paulo, em uma exposição de equipamentos aeronáuticos construídos na França.
1891 - Novembro - Visita uma exposição no Palácio das Indústrias, em Paris, onde vê pela primeira vez um motor a explosão.
1892 - Fevereiro - É emancipado por seu pai em cartório da cidade de São Paulo. -Setembro - Fixa residência em Paris, na Rua d'Edimbourg nº 26.
1894 - Freqüenta como aluno-ouvinte a Universidade de Bristol, na Inglaterra.

1897 - Constrói um motor a explosão de dois cilindros, adaptando-o a um tricicio.
1898 - Março - Por 25O francos, faz sua primeira ascensão em balão livre.
- Julho - Leva aos ares o Balão Brasil, seu primeiro projeto.
- Setembro - Faz sua primeira ascensão com o dirigível nº 1, o primeiro de uma série que constrói ao longo de sua vida.
1899 - Maio - Faz a sua única ascensão com o dirigível nº2.
- Novembro - Faz a primeira experiência com o dirigível nº3.
1900 - Março - A Comissão Científica do Aeroclube da França institui o Prêmio Deutsch, of erecido por Henri Deutsch de la Meurthe, empresário ligado ao refino do petróleo e grande incentivador da aviação.
- Junho - Finaliza a construção de seu hangar em Saint-Cloud, no parque de aerostação do Aeroclube da Franca.
- Setembro - Faz experiência com o dirigível nº 4, em Saint-Cloud.
1901 - Julho - Circula a Torre Eiffel com o dirigível nº 5, na primeira tentativa de conquistar o Prêmio Deutsch.
- Agosto - Acidenta-se com o nº 5 chocando-se com o Hotel Trocadero.
- Outubro - Concorre ao Prêmio Deutsch de la Meurthe. Realiza a prova diante da Comissão do
Aeroclube da França, contornando a Torre Eiffel e retornando a Saint-Cloud em 3O minutos.
- Novembro - O Aeroclube da França declara-o vencedor do Prêmio Deutsch.
1902 - Janeiro - Viaja a Mônaco a convite do príncipe Alberto I, que construiu um hangar especialmente para a realização de suas ascensões com o dirigível nº 6.
- Abril - Viaja aos Estados Unidos, onde visita os laboratórios do inventor Thomas Edison, em
Nova York, e é recebido na Casa Branca, em Washington, pelo Presidente Theodore Roosevelt.
- Maio - Em Londres, tem o invólucro de seu dirigível nº 6 rasgado por sabotagem no"Crystal Palace".
- Projeta o dirigível nº 7, um dirigível de corrida.
1903 - Finaliza a construção do novo hangar em Neuilly, Paris.
- Faz os primeiros ensaios com o dirigível nº 9 e com ele, posteriormente, muitas ascensões.
- Julho - Sobrevoa, com o dirigível nº 9, a formatura militar em Longchamps, Paris, durante as comemorações do 14 de julho, data nacional francesa.
- Constrói o dirigível nº 10, chamado dirigível-ônibus, com capacidade para dez passageiros.
1904 - Junho - Chega aos Estados Unidos, para participar da corrida de dirigíveis de Saint-Louis, mas
sofre ação criminosa de sabotadores, que inutilizam o invólucro do seu dirigível nº 7.
1905 - Projeta o nº 11, um monoplano bimotor, e o nº 12, um helicóptero, mas não os conclui.
- Finaliza a construção do nº 13, uma aeronave com dois balões destinada a longas viagens, mas não obtém resultados práticos.
- Agosto - Faz experiências com o dirigível nº 14 Trouville, na costa do Canal da Mancha.
1906 - Julho - Inscreve-se, em Paris, para disputar duas provas de aviação: a Taça Archdeacon e o Prêmio do Aeroclube da França.
- Outubro - Em Bagatelle, eleva o 14-Bis com propulsão própria e realiza um vôo de mais de 5O m de distancia, diante da Comissão Fiscalizadora do Aeroclube da Franca, obtendo a Taca Archdeacon.
-Novembro - Em Bagatelle, realiza com o 14-Bis um vôo de 22O m, mantendo-se a 6 m de altura, e assim conquista o Prêmio do Aeroclube.
1907 - Março/Junho - Faz experiências com o aeroplano nº 15 e com o dirigível nº 16, mas desiste desses projetos por não obter bons resultados.
- Setembro - No Rio Sena, faz experiências com o nº 18, um deslizador aquático.
- Novembro - Testa o primeiro modelo do aeroplano "Demoiselle".
1908 - Dezembro - Expõe um exemplar do "Demoiselle" na Exposição Aeronáutica, realizada no Grand Palais de Paris.
1909 - Janeiro - Obtém o primeiro brevê de aviador, fornecido pelo Aeroclube da França.
-Setembro - Estabelece o recorde de velocidade voando a 96 km/h num ''Demoiselle''. Faz com um "Demoiselle" um vôo de 18 km, de Saint-Cyr ao castelo de Wideville,considerado o primeiro reide da história da aviação.
1910 - É inaugurado um marco de granito no Bois de Boulogne, assinalando os primeiros recordes de aviação estabelecidos por Santos-Dumont em 1906.
1913 - Outubro - O Aeroclube da França inaugura um monumento em Saint-Cloud, em comemoracão do vôo do dirigível nº 6.
1915/16 - Realiza conferência no Congresso Científico Panamericano, em Washington, intitulada "Como o aeroplano pode facilitar as relações entre as Américas". 1918 -Abril - Publica o livro "O que eu vi- o que nós veremos", escrito em Petrópolis, na sua casa "A Encantada"
1921 - Março - É indicado como membro de honra do Aeroclube da França.
- Maio - Em Paris, faz sua última ascensão aerostática no balão livre La Cignone.
1925 - Julho - Viaja de Paris para a Suíça, com destino à clínica de repouso Valmon.
1926 - Janeiro - Oferece um prêmio de 1O mil francos para a melhor obra escrita contra a utilização de aparelhos aéreos como armas de querra.
1927 - Maio - É convidado pelo Aeroclube da França para presidir o banquete em homenagem a Charles Lindberg, mas motivos de saúde o impedem de aceitar.
1928 - Dezembro - Chega ao Rio de Janeiro, a bordo do vapor Cap Arcona, e presencia grave acidente com o avião que o recepcionava.
193O - Junho - É condecorado pelo Aeroclube da França com o título de Grande Oficial da Legião de Honra da França.
1931 - Fevereiro - Faz tratamento na Casa de Saúde de Préville, em Ortez, nos Baixos Pirineus, onde tem relativa melhora.
- Junho - É eleito membro da Academia Brasileira de Letras, na cadeira que tem como patrono Tobias Barreto
- Novembro - Parte para Araxá, Minas Gerais, para tratamento de saúde.
1932 - Maio - Muda-se para o Guarujá, SP
-Julho - Com o início da Revolução Constitucionalista em São Paulo, manda uma mensagem aos brasileiros, posicionando-se contra a luta fratricida.

- Falece aos 59 anos, no Hotel de la Plage, no Guarujá

Dia 23 de outubro é o Dia da Aviação, data que comemora o vôo de Santos Dumontem Paris, com seu modelo 14-Bis, em 1906.

Fonte: http://www.aer.mil.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário